09.11.2019 | 09h18


VELHO PRONTO-SOCORRO

Emanuel: Bancada federal garantiu R$ 35 milhões para Hospital Materno Infantil

O prefeito afirmou ainda que já tem R$ 18 milhões para iniciar a obra. O antigo PS vai ser transformado em hospital da família


DA REDAÇÃO

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que já garantiu R$ 18 milhões para construção do Hospital da Família (HFam) que será construído na sede do atual Pronto-Socorro.

Segundo o prefeito, o recurso é a soma das emendas que, segundo ele, foram garantidas pelo deputado federal Emanuelzinho (PTB), seu filho, e pelo senador Jayme Campos (DEM).

O projeto de transformação do Pronto-Socorro para o HFam está inicialmente orçado em R$ 35 milhões. Com os R$ 18 milhões já garantidos, Emanuel comentou os membros da bancada de Mato Grosso comprometeu encaminhar, cada um, o valor de R$ 1,7 milhão para colaborar com parte que falta para reforma do atual PS.

O início das obras está previsto para 2020, mas sem previsão de término.

“Só não consegui achar Selma [Arruda, senadora], a gente desencontrou, mas os outros dez se comprometeram, na emenda de 2021, arrumar os R$ 1,7 milhão, cada um, para dar R$ 17 milhões que faltam”, explicou o prefeito durante visita ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), na sexta-feira (08).

O emedebista explicou que com a reforma, no local, irá funcionar o materno infantil, alas de idosos, cuidados paliativos e saúde mental, além da rede cegonha.

O prefeito disse que vai fechar parte do atual Pronto Socorro no dia 19 de novembro, um dia após a inauguração da última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). No local irá funcionar apenas a pediatria e 50 leitos de retaguarda.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO