03.04.2020 | 16h09


PODERES / ISOLAMENTO SOCIAL

Emanuel deve prorrogar decreto e manter comércio fechado na Capital

Primeiro decreto termina no domingo (05), mas prefeito deve anunciar novas medidas contra a pandemia neste sábado



O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sinalizou, nesta sexta-feira (03), que deve prorrogar as medidas restritivas impostas na Capital para evitar a transmissão em massa do novo Coronavírus e, com isso, não correr o risco de sobrecarregar o Sistema Único de Saúde no Estado.

O prefeito vai anunciar as novas medidas neste sábado (04) e pelo o que tudo indica deve prorrogar o isolamento social mantendo o comércio fechado. No entanto, não há informação sobre qual seria o prazo dessa nova paralisação.

“Não se deve flexibilizar nada quando está em jogo a saúde da população. Nada é mais importante que a vida, a saúde. A atividade econômica a gente recupera, agora vida só tem uma”, disse o prefeito.

O primeiro decreto publicado no último dia 23 de março tem previsão para terminar neste domingo (05).

“Não se deve flexibilizar nada quando está em jogo a saúde da população. Nada é mais importante que a vida, a saúde. A atividade econômica a gente recupera, agora vida só tem uma”, disse.

Emanuel reforçou que todas as restrições determinadas até o momento são com base em critérios técnicos, científicos, sempre respaldados nos protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) ou Ministério da Saúde.

“Quando as medidas têm esse grau de seriedade e o cuidado com a vida das pessoas, elas devem ser tomadas e prorrogadas com objetivo de proteger a saúde da população cuiabana”, explicou o prefeito.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

arabe  04.04.20 08h21
Essse prefeito so sabe usar decretos e comparar Cuiaba com "MILAO" . ou convivemos com essa pandemia ou haverá mais "mortos" psicologicos por falta de empregos ou comida. nesse momento o isolamento mata mais que doença , as pessoas que trabalham em seus pequenos"botecos" nao suportam mais ficar parados e esse senhor vem dizer que se preocupa com a populaçao ? por que nao joga um balde de agua gelada dizendo :ESTE ANO O IPTU TERÁ ANISTIA PARA OS MAIS SEM CONDIÇAO E PARA TODOS O RESTO 50% de desconto sem restriçoes ou condiçoes !!!! em tempos sombrios o lider deve dar exemplo de humanidade ! (espero que este veiculopublique!)

Responder

0
0
Antônio cuiabano  04.04.20 00h31
nada disso vai resolver em maio o falso profeta apresenta o anticristo e a vacina para o covit 19 que Israel fez ,aí vem 7 anos de falsa paz , aí vem as guerras e peste desimano tudo quem viver verá nossa geração está indo embora

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO