28.06.2017 | 07h00


PODERES / PRESIDENTE REJEITADO

Deputado acusa Valtenir de expulsar 15 mil filiados do PSB no Estado

Por decisão de Valtenir, 132 diretórios da legenda no Estado foram dissolvidos; lideranças falam em retaliação ao descontentamento da militância com sua nomeação na legenda.


DA REDAÇÃO

Um dia após a reunião das lideranças do PSB de Mato Grosso, o novo presidente regional partido, Valtenir Pereira, destituiu, de uma só vez, 15 mil filiados da sigla no Estado. 

“Ele [Valtenir] está desprovido de inteligência porque, na minha opinião, poderia ter articulado para essa turma toda ficar do lado dele”, afirmou Bezerra.

A informação foi confirmada ao site , na noite de terça-feira (27), pelo o deputado estadual Oscar Bezerra (PSB).

“Ele [Valtenir] está desprovido de inteligência porque, na minha opinião, poderia ter articulado para essa turma toda ficar do lado dele”, afirmou Bezerra.

“[Valtenir] está mostrando que veio mesmo para tumultuar o processo. Tem desrespeitado de mamando a caducando, ou seja, da diretoria até o último filiado”, criticou o deputado.

Os milhares de socialistas estavam divididos em 132 diretórios da legenda que também foram dissolvidos por decisão de Valtenir.

Para o deputado Oscar Bezerra, essa foi uma retaliação ao descontentamento da militância com sua nomeação como presidente do partido.

“[Valtenir] está mostrando que veio mesmo para tumultuar o processo. Tem desrespeitado de mamando a caducando, ou seja, da diretoria até o último filiado”, criticou o deputado estadual.

Porém, Bezerra afirma que o grupo dos insatisfeitos com a nomeação de Valtenir vai continuar na sigla mesmo destituído até que haja as convenções do PSB, marcadas para o próximo mês agosto.

“A minha orientação para todos os filiados é que coloque um bolo fichas debaixo do braço, mesmo sendo destituído, porque ganha democraticamente quando o partido for fazer as convenções, em agosto, e vamos ganhar no voto”, orientou.

Além de Bezerra, outras as lideranças da sigla também consideram que só conseguirão reverter a decisão nacional, sem a necessidade de debandada da sigla, no voto. 

Os líderes do PSB também não descartam a possibilidade de buscar a Justiça para reverter a nomeação de Valtenir.

Saiba mais:

Botelho revela que Mendes estava certo que seria presidente do PSB

Taques diz que Valtenir tem histórico de traições a aliados políticos

Taques descarta Valtenir como ameaça e crê em lealdade de líderes do PSB

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Direção Estadual do PSB MT  28.06.17 13h13
NOTA OFICIAL DE ESCLARECIMENTO . A Comissão Executiva Estadual do Partido Socialista Brasileiro de Mato Grosso (PSBMT), vem a público esclarecer que o deputado federal e presidente do partido no Estado, Valtenir Pereira, não realizou nenhum ato de destituição das 132 comissões provisórias existentes nos municípios mato-grossenses. A informação é mentirosa e tem o claro propósito de causar tumulto e confusão dentro do PSB de Mato Grosso. Na verdade, não houve qualquer mudança em nenhuma Comissão Provisória no Estado, desde o dia 12 de junho deste ano, quando o deputado Federal Valtenir Pereira assumiu a presidência do PSB de Mato Grosso. A nossa Gestão Partidária será pautada no permanente diálogo com as bases e lideranças, com ou sem mandato, e na construção de consensos, como sempre foi, porque acreditamos que somente com a união de todos é possível formular projetos e políticas que melhorem a vida das pessoas. Por fim, as certidões que confirmam, que nenhuma mudança ocorreu nas comissões provisórias instituídas entre 2015 e 2016, podem ser conferidas no site do Tribunal Superior Eleitoral. . Comissão Executiva Estadual do PSB de Mato Grosso

Responder

0
2
Fatima Lins  28.06.17 08h49
Que vergonha Deputado OScar, ou não sabe olhar no site do TRE QUE APELAÇÂO mais MENTIROSA.

Responder

3
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO