23.02.2017 | 08h33


CONJECTURAS SOCIALISTAS

Botelho revela que intenção de Mendes é candidatura ao Senado em 2018

O presidente da AL contou que uma reunião com lideranças do PSB foi realizada a pedido de Mauro Mendes, no último dia 14 de fevereiro.


DA REDAÇÃO

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), contou que o grande interesse do ex-prefeito Mauro Mendes (PSB) é pela disputa ao Senado em 2018. Segundo o parlamentar, o partido irá trabalhar para lançar o empresário como candidato no grupo que apoia o governador Pedro Taques (PSDB).

“Foi o próprio Mauro quem pediu essa reunião para espantar a boataria de que estaria migrando para o grupo de oposição. Estamos com o Pedro Taques e vamos ajudar o Governo no que for preciso", disse Botelho.

Em entrevista ao programa Resumo do Dia, na terça-feira (21), Botelho ainda revelou que foi realizada uma reunião com as lideranças do PSB no último dia 14 de fevereiro, quando a possível candidatura foi debatida.

“Foi o próprio Mauro quem pediu essa reunião para espantar a boataria de que estaria migrando para o grupo de oposição. Estamos com o Pedro Taques e vamos ajudar o Governo no que for preciso. Mauro nos garantiu isso e deixou claro seu interesse pela disputa ao Senado. Então, o PSB vai trabalhar para que ele chegue em 2018 com condições reais de vencer essa eleição”, afirmou o deputado.

“Não quero diálogo com ninguém nesse momento. Vou trabalhar e apoiar aqueles que queiram fazer um trabalho sério para o bem da população. Não vou falar nem com oposição, nem com situação sobre eventual projeto para 2018”, disse Mendes.

As declarações de Botelho vêm de encontro ao que o próprio Mauro havia falado um dia antes. O ex-prefeito garantiu que não estaria conversando nem mesmo com o próprio partido a respeito das próximas eleições.

“Não quero diálogo com ninguém nesse momento. Vou trabalhar e apoiar aqueles que queiram fazer um trabalho sério para o bem da população. Não vou falar nem com oposição, nem com situação sobre eventual projeto para 2018”, disse Mendes.

Apesar das declarações controversas, ambos garantem que o PSB está unido em torno do projeto de buscar a reeleição do atual governador.

“Ficou combinado que o nosso apoio é integral ao Governo Pedro Taques, à sua gestão e, possivelmente, à reeleição. Se Taques for candidato, o PSB estará caminhando com ele. O partido está totalmente unido, e também houve apoio integral à candidatura de Mauro Mendes para senador”, completou Botelho.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

indignado  23.02.17 18h58
Dizem que só irão falar eleição e reeleição em 2018 mas continuam falando, vendem uma coisa e entregam outra,ACORRRRDAA MAURO MENDES você será eleito como nenhum outro candidato ao governo foi eleito e será governador desse grandioso estado é só você querer e se afastar desse desgoverno.

Responder

2
0
alexandre  23.02.17 09h52
PSB vai afundar, quem se aliar a Pedrinho Malvadeza, 400 mil votos contra o governador, nem Botelho se reelege..

Responder

5
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER