16.09.2019 | 17h20


BOTELHO E RUSSI NA LISTA

Assembleia vai indicar nome para Senado caso Selma não reverta cassação

A senadora Selma Arruda ainda aguarda julgamento no TSE, mas caso haja nova eleição, de acordo com Janaina Riva, o indicado terá apoio de pelo menos 18 colegas


RAFAEL MACHADO

A deputada Janaina Riva (MDB) revelou, na tarde desta segunda-feira (16), que a Assembleia Legislativa já se movimenta para indicar um dos 24 deputados como candidato ao Senado, caso a senadora Selma Arruda (PSL) seja mesmo cassada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nova eleição ocorra em Mato Grosso.

De acordo com a deputada, o indicado do Legislativo para concorrer ao cargo teria apoio de, pelo menos,18 parlamentares que ajudariam a conquistar votos, já que os deputados representam várias regiões do Estado.

“A candidatura que deve ser de 30 dias deve ter alguém que conhece muito bem o Estado e proximidades com todas as regiões para poder articular uma campanha rápida”, pontuou a parlamentar emedebista.

Janaina declarou que, caso ocorra a indicação, será necessário a escolha de um nome que tenha grande possibilidade de vencer o pleito, já que a intenção é fortalecer a base governista no Senado.

“Eu acho que ali [ALMT] a gente tem os nomes como, por exemplo, do deputado Eduardo Botelho [DEM] e Max Russi (PSB), que também já se colocou à disposição para disputar. O deputado Dilmar Dal’Bosco é outro nome. Então, tem vários deputados que gostariam de ser candidatos”, destacou.

Avaliando a possível disputa como um embate duro, os deputados tentam reunir a maioria dos parlamentares que possa apoiar o indicado.

“Eles entendem que tem que ser um candidato que reúna pelo menos 18 deputados. Agora é claro que é difícil tirar um nome consenso de uma Assembleia Legislativa com 24 deputados porque cada um pensa de um jeito”, disse.

A cassação

A nova eleição para o cargo de senador ganhou força no Estado depois que a procuradora da República Raquel Dodge concedeu parecer relâmpago favorável ao Ministério Público Federal em desfavor de Selma.

No entanto, o parecer ainda deve ser apreciado pelo TSE, que poderá confirmar ou não. Selma  Arruda nega todas as acusações de caixa 2. 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

pedro paulo  16.09.19 18h30
Não acredito na candidatura do BOTELHO! É mais provável o MAX RUSSI e aí fica o caminho acordado para o BOTELHO ir ao TRIBUNAL DE CONTAS e a JANAÍNA para presidente da ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA. ESSA É A COSTURA

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER