14.06.2017 | 08h20


PODERES / "HOMEM BOMBA"

Ao confessar crimes, ex-governador 'entregou' até o próprio filho

Silval Barbosa contou aos promotores do Ministério Público Estadual (MPE) que o filho, Rodrigo Barbosa dividia propina com ex-secretário de Administração, Pedro Elias.


DA REDAÇÃO

Ao confessar os crimes de corrupção que cometeu durante sua gestão, o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) não poupou nem o próprio filho, Rodrigo Barbosa.

Segundo a decisão da juíza Selma Rosane Arruda, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, que reverteu a prisão preventiva em domiciliar, o pemedebista contou que parte das propinas pagas por empresários em troca de benefícios do Estado eram repassadas ao primogênito da família Barbosa.

“Segundo Silval Barbosa, Pedro Elias [ex-secretário adjunto de Administração] tinha a função de arrecadar propina de empresas que mantinham contratos com o Governo, sendo que, em alguns casos, repassou tais valores para seu filho Rodrigo Barbosa e outras vezes para Silvio César”, destaca trecho do documento.

O ex-secretário Pedro Elias foi preso no dia 22 de março, quando foi deflagrada a terceira fase da Operação Sodoma, que investiga pagamento de propina para concessão de incentivos fiscais em Mato Grosso.

“Com relação à empresa Webtech Softwares E Serviços disse que na época dos fatos não ficou sabendo que a mesma estaria pagando propinas para os secretários, mas que posteriormente soube que Pedro Elias teria repassado parte das propinas pagas pela empresa para o seu filho”, confessou o ex-governador.

Todos os valores arrecadados eram divididos entre o ex-secretário de Administração e Rodrigo Barbosa.

Confessou crimes

Para deixar a prisão, o ex-governador entregou como garantia à Justiça uma aeronave, fazendas, além de outros imóveis que juntos somam quase R$ 47 milhões.

Segundo a juíza Selma Arruda, o ex-governador autorizou a alienação de um lote urbano localizado no município de Sinop, duas Fazendas - denominadas Serra Dourada1 e 2 - localizadas no município de Peixoto de Azevedo.

Silval também entregou a Fazenda Lagoa Dourada 1 uma aeronave prefixo PT- VRX, modelo EMB-810D, e um imóvel localizado em Cuiabá (Veja aqui mais aqui).

Leia mais

Silval deixa a cadeia e vai pra casa usando tornozeleira eletrônica

Selma manda soltar Silval Barbosa; ex-governador vai devolver R$ 46 milhões 

 

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Brancko Rondon  14.06.17 23h59
Cuidado em PDG (Pai da Grampeação)

Responder

0
0
Paulo  14.06.17 10h06
Trocando em miúdos Silval usou a máquina do Estado pra quitar dívida de campanha, mesmo expediente empregado no atual governo nas licitações da Secretaria de Educação.

Responder

8
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO