22.12.2011 | 09h25


LEILA MARES

Um novo ano ou a mesmice?



Qual será a sua escolha? Um novo ano de vida velha ou um novo ano de vida nova?

Faça a sua escolha agora, pois temos poucos dias para a decisão.


Geralmente em dezembro começamos a fazer várias promessas para o ano que está chegando, logo o ano acaba e nada do que pretendíamos aconteceu.

Entramos no novo ano com a mesma correria do ano anterior, tão logo nos entregamos à velha rotina do dia a dia.

Porque nada muda na vida de muitas pessoas?

O que acontece efetivamente é que estas pessoas têm apenas desejo de alcançar algo, e só desejo não basta, o que precisa ser feito é planejamento e ação.

Tão importante como o futuro é o que fazemos no presente, pois o passado e futuro são frutos do presente.

Se entendêssemos que o planejamento é a alma do negócio, não daríamos tantas cabeçadas na vida.

Quantos de nós conseguimos até fazer um planejamento do nosso ambiente profissional, mas fracassamos ao planejarmos a nossa vida pessoal, sendo que esta é que nos dará força para atingirmos as metas estabelecidas em todas as áreas.

A conciliação da vida profissional e pessoal são caminhos para o sucesso, se assim ocorresse, teríamos um grande avanço.

Basicamente prometemos a nós mesmos que no novo ano vamos freqüentar uma academia, ilusão, chega ao final do ano e isso não aconteceu, pelo contrário, terminamos o ano com alguns quilos a mais, baixa qualidade de vida e muitas vezes até doentes, não somente do físico, mas doentes da alma.

A nossa vida é belíssima, mas muito frágil e breve tal como uma chama que rapidamente acende e logo se apaga.

Você tem a consciência da brevidade da sua vida? Se tivermos essa consciência, ela nos estimulará a buscar sabedoria nos nossos projetos e qualidade de vida neste novo ano.

Desse modo, nos tornaremos um profissional mais eficiente, um amigo mais compreensivo, um pai mais profundo e uma mãe mais amorosa.

Sabemos que o homem e a mulher da atualidade vivem frequentemente uma grande solidão. Conversam com todos ao seu redor, mas raramente falam consigo mesmo e repensam a sua vida.

Por isso aconselho a todos nós que adquiramos uma folha em branco para escrevermos uma nova história de nossas vidas, e enxergar o oásis que será 2012, somente assim ele se tornará um NOVO ANO DE VIDA NOVA.

Sucesso a todos e um feliz 2012!

(*) LEILA MARES é Formada em Letras, MBA Gestão de Pessoas e Acadêmica de Jornalismo.

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
29.01.20 08h27 »  Apropriação indébita de impostos
29.01.20 08h25 »  O dilema do transporte urbano
29.01.20 08h23 »  Fake news
29.01.20 08h21 »  Apartheid da Educação
28.01.20 08h29 »  Seu bebê está pronto para usar uma tela?
28.01.20 08h25 »  Procedimento estético
28.01.20 08h22 »  Tragédias da impunidade
28.01.20 08h20 »  Nem Mário, nem João
27.01.20 11h00 »  Educação sem oportunismo
27.01.20 08h32 »  Muito além de uma pirralha

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO