10.12.2011 | 08h41


OPINIÃO / JOSÉ RIVA

O progresso de Rondonópolis

Destaque nacional no agronegócio, o município de Rondonópolis completa 58 anos de emancipação político-administrativa neste dia 10 de dezembro e, sem dúvida nenhuma, caminha rumo à modernidade.

Sendo a terceira maior cidade do estado, surgiu às margens do Rio Vermelho. Localizada numa posição estratégica pela sua proximidade com a Capital e as rodovias federais BRs 163 e 364, que cortam o município, facilitando o escoamento da produção.

A perspectiva de crescimento é ainda maior com a chegada dos trilhos da Ferronorte a partir do ano que vem, acelerando o processo do desenvolvimento.

É claro que neste período de festividades, não poderíamos deixar de parabenizar aos seus 200 mil habitantes que muito contribuem para o desenvolvimento econômico e consolidação de Rondonópolis como pólo industrial do Centro Oeste.

O processo de expansão é visível e atender a demanda para que a cidade seja estruturada, atraindo mais investimentos, é nossa prioridade. Aqui, pela Assembleia Legislativa, por exemplo, obtemos uma grande vitória com a Lei n.° 9.523/11, que trata do Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE).

Ainda defendemos o Novo Código Florestal, ainda em votação no Congresso Nacional, que dára maior segurança jurídica aos produtores. E, é claro que oferecer educação com qualidade é ação prioritária para uma cidade que pensa no futuro dos seus jovens.

Por isso, em setembro de 2009, indicamos ao Governo a necessidade de ampliar as instalações infraestrutural e de pessoal da Escola Técnica a fim de expandir a oferta de ensino nesta instituição.

Também solicitamos a conclusão da quadra esportiva coberta da Escola Estadual Lucas Pacheco de Camargo e a construção de quadra poliesportiva coberta nas escolas estaduais Marechal Dutra, Carlos Pereira Barbosa e Sete de Setembro. Em ação conjunta com o Governo, destinamos um veículo zero quilômetro e um computador para o Conselho Tutelar da cidade.

Promover e incentivar o processo cultural são outras de nossas iniciativas. Tanto que destinamos emenda para a realização do Projeto Cultural: cursos, oficinas e palestras culturais, desenvolvido pelo grupo teatral ART ATRO, que é da terra. E como não falar em infraestrutura. Para manter a beleza da estrutura urbana de Rondonópolis, pedimos recursos para pavimentação asfáltica e recuperação das vias urbanas.

Também é de nossa a autoria da Lei n. ° 7.581, que denomina Alfredo de Castro Araújo, o Centro de Formação Profissional de Rondonópolis - Cenfor. Sabemos que as necessidades são muitas. E atender a reivindicação dos municípios é a nossa luta. Como é o caso dos profissionais da Saúde.

Com a mudança de gestão do Hospital Regional de Rondonópolis para OSS, pedimos a continuidade do pagamento de produtividade dos servidores públicos desta unidade, a fim de garantir os direitos dos profissionais.

A partir de um abaixo-assinado com mais de 10 mil apoiadores, estamos também na luta para a implantação de um campus da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), em Rondonópolis. A unidade vai atender a demanda educacional de outras 19 cidades vizinhas. Assim, a cidade poderá se transformar em um pólo educacional de Ensino Superior.

É desta forma que trabalhamos, objetivando levar mais recursos e investimentos aos municípios. E, neste período festivo, que reafirmamos o nosso compromisso com esta cidade, que tanto contribui para a economia do nosso estado e está no caminho certo rumo ao progresso.

Parabéns, Rondonópolis!

JOSÉ RIVA, deputado pelo PSD, é presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Joseval Costa Silva Landim Dueti  10.12.11 22h12
Parabéns Rondonópolis, continua a cidade com o progresso promissor como sempre foi, não vejo como a terceira de MT, sim a SEGUNDA CIDADE MATO GROSSENSE, e primeira no meu coração.

Responder

0
0

Confira também nesta seção:
07.08.20 07h00 »  Upcycling – o que é?
07.08.20 07h00 »  Alimentos aliados do cérebro
07.08.20 07h00 »  Texas prioriza VLT
07.08.20 07h00 »  O famigerado 'pum' dos bovinos
06.08.20 07h50 »  Perspectivas para um futuro educacional
06.08.20 07h47 »  M de Maria
06.08.20 07h44 »  O prisioneiro
06.08.20 07h00 »  O que 'ser'em 2020
05.08.20 14h59 »  Posso cancelar a matrícula 2020 do meu filho e voltar apenas em 2021?
05.08.20 08h07 »  A eficiência na administração pública

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO