02.12.2019 | 08h24


MARCUS CREPALDI

Importância da graduação

É sempre importante estagiar, se dedicar e trabalhar em sua área.

Uma análise da consultoria IDados apontou recentemente que mesmo em vagas no mercado de trabalho similares, os trabalhadores que possuem diploma universitário ganha quase o dobro de trabalhadores que somente concluíram o Ensino Médio.

De acordo com o estudo, os brasileiros que atuam em funções que exigem curso superior ganham, em média, R$ 8.561 mensais. A mesma vaga ocupada por trabalhadores, que não tem exigência de curso superior, o salário médio é de R$ 4.861

A pesquisa também mostra que os profissionais qualificados, com formação superior, que tem tido dificuldade de inserção na área que estudou, tem buscado migrar para ocupações menos ‘sofisticadas’. Dessa maneira, apesar de muitas vezes se frustrarem com o rumo da sua carreira profissional na área em que estudou, os trabalhadores com diploma universitário ganham o dobro daqueles com ensino médio completo em vagas similares.

Para mim, esse resultado aponta a importância de se buscar a graduação e suas especializações. Ele gera um grande prêmio salarial por maior escolaridade no Brasil, mesmo se a área em que atua, não seja tão próxima da qual se estudou.

Mas o estudante, ou trabalhador deve se atentar. Pois, apesar da distância salarial que profissionais com formação superior deslocados de sua área de estudo tem em relação a seus colegas de trabalho sem formação superior em cargos compatíveis, isso também pode gerar frustração pessoal.

É sempre importante estagiar, se dedicar e trabalhar em sua área, pois assim você poderá aproveitar habilidades que adquiriu durante o tempo de formação, se tornando em um grande profissional dentro da sua área. 

E é aí que mora a importância de boas faculdades, sejam elas públicas ou privadas. Hoje é inegável que já restrição de oferta de vagas nas instituições públicas, o que tem levado cada vez mais estudantes a investirem na faculdade privada

Mas a qualidade do ensino dessas universidades privadas devem ser cada vez maiores, para poder entregar um excelente profissional para o mercado de trabalho dentro da sua área de formação.

As faculdades também devem se inteirar melhor sobre o que acontece com seus alunos na transição da faculdade para o mercado de trabalho. Como diretor de uma universidade, sempre busco acompanhar meus alunos, saber se estão empregados, e aonde estão empregados.

Marcus Crepaldi é diretor da Faipe

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
07.12.19 07h55 »  Procedimento estético
07.12.19 07h55 »  Dermatite atópica
07.12.19 07h55 »  De novo!
07.12.19 07h55 »  Infalível seguro de vida
06.12.19 07h55 »  Planos de saúde e tratamentos para engravidar
06.12.19 07h55 »  Doutor dos doutores!
06.12.19 07h55 »  O encontro
06.12.19 07h55 »  A democratização da gestão escolar
05.12.19 08h25 »  A pauta de sociopatas
05.12.19 08h21 »  Projeções fantasiosas

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO