14.07.2019 | 07h55


ELIZEU NASCIMENTO

Derrubada de veto

Esta votação histórica aconteceu em sessão ordinária, entrando em votação.

A implementação de políticas públicas, vem sendo por mim implementadas, desde o momento em que, através de uma votação expressiva, para o cargo de deputado estadual, ao qual, obtive  23.347 votos. Em função disso, venho mantendo coerência e responsabilidade, para com meus eleitores, através de uma postura austera e segura, voltada a atender as reais necessidades de uma população que vive momentos difíceis; em função de gestões políticas anteriores, que se preocupavam, em atender os apropriados do capital, as chamadas classes dominantes.  

Há um mês, o governador do estado Mauro Mendes, através de uma decisão no mínimo incongruente. Vetou a utilização do FEX, Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações, sancionado através da Lei 13.166/2015, publicado no Diário Oficial da União (DOU), para pagamento de salários e Revisão Geral Anual (RGA).

O dia e noite, 9 de julho terça-feira, ficará marcada nos anais desta casa de leis, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, como, a noite da derrubada do veto.

Esta votação histórica aconteceu em  sessão ordinária, entrando em votação,  o Veto do governador a lei complementar Nº 02/2019.

Por 16 votos favoráveis a derrubada do veto. Agora, os recursos do FEX serão agregados à receita corrente liquida do estado, ou seja, podendo ser utilizado para pagamento de folha salarial de servidores, como também a RGA.

Esta vitória, não é só do deputado Elizeu Nascimento, assim como dos demais  pares, que votaram a favor da derrubada do veto. Também, tiveram participação decisiva nesse processo, os seguimentos organizados que lutaram arduamente pelos trabalhadores, tendo como norteadores dessas ações, o Fórum Sindical, que congrega 32 entidades,  e demais movimentos organizados, engajados nesse processo. Principalmente, por se tratar de um direito constitucional, a Revisão Geral Anual (RGA).  

Estou feliz, em poder fazer valer minhas prerrogativas constitucionais de deputado estadual, através do voto, poder contribuir para a derrubada desse veto por parte do governo. Veto este, que não atingia  apenas os servidores públicos, como também, seus familiares que se sentiam  afetados pelo não pagamento da RGA.

O cair é do homem, o levantar é de Deus!

Elizeu Nascimento, deputado estadual

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
17.10.19 14h32 »  Exemplo de político municipalista
17.10.19 08h40 »  Nada de novo no front
17.10.19 08h37 »  Espírito, cérebro e comando
17.10.19 08h35 »  Tributação para área da Saúde
17.10.19 08h32 »  VLT X ônibus poluentes
16.10.19 07h55 »  Carne Carbono Neutro
16.10.19 07h55 »  A voz delas tem som?
16.10.19 07h55 »  Diversão ou desrespeito?
16.10.19 07h55 »  O futuro da Amazônia
15.10.19 07h55 »  O papel do TCE

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER