20.04.2019 | 07h55


EUSTÁQUIO RODRIGUES

Crônicas de Gelo e Fogo

A Lei Maria da Penha e a Lei Maria Mole

Em alguma época em São Paulo: jovem volta da balada, atropela ciclista, arranca seu braço e foge. Tempo depois joga o braço decepado no esgoto e vai para casa se esconder nos braços do papai. Alega que o ciclista atropelou o carro dele.

Em uma outra época, ainda em São Paulo: jovem arquiteta atropela, mata gari e foge sem prestar socorro. Alega que estava fugindo de um assalto a 35km/h. Quem foge de um assalto a 35km/h?

Em uma época ainda mais distante no Rio de Janeiro: rapaz em disputa de “racha” mata filho de famosa atriz. Após o ocorrido, o filho motorista metido a “Dick Vigarista” e o pai subornam os policiais, na tentativa de ficarem impunes. E ficam impunes, pelo menos até decisão recente que milagrosamente mudou esse fato.

Na gloriosa cidade de Cuiabá: jovem atropela manobrista de boate. Em alta velocidade e embriagado fugiu do local, tentou se esconder nos braços da mamãe, mas foi localizado pela polícia. Tempo depois, já soltinho igual arroz parbolizado, foi premiado pela justiça para sumir de Cuiabá e começar vida nova em São Paulo.

Em outro momento, na mítica cidade de Cuiabá: médica sai de um churrasco open bar/ open food (dizendo que não bebeu nada e só faltava dizer que era vegana), atropela, mata um verdureiro e foge. Alega que foi o verdureiro que “atropelou” o carro dela em alta velocidade. Segundo a polícia, suspeita-se que estava embriagada, pois se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Mais recentemente, também na resplandescente cidade de Cuiabá: procuradora, que segundo a polícia estava embriagada, atropela gari de forma que ele perde uma das pernas. Paga fiança de R$ 7.000,00, doa par de muletas para a vítima, mais 100 reais, o dinheiro do “busão” e está tudo certo.

Essa semana, em uma bucólica cidadezinha do interior: em mais uma disputa de racha entre Sebastian Vettel #sqn e Lewis Hamilton #sqn, acaba com o atropelamento de uma mulher que estava na calçada. Sebastian Vettel #sqn, foge para se abrigar nos braços da mamãe, se apresenta uns dias depois para a polícia, conta uma lorota e está liberado para o racha da semana que vem.

Poderia escrever um outro “Crônicas de Gelo e Fogo” – impressionante saga escrita por George R. R. Martin, atualmente em 5 volumes – somente com casos de atropelamento, morte, fuga e impunidade na minha cidade, na sua cidade ou em qualquer cidade do Brasil que tenha pelo menos 1 Fusca/69 rodando. A Lei Maria Mole, responsável por coibir e punir crimes no trânsito foi feita por Vó, para crianças, adolescentes, jovens e adultos criados por Vó, que vão para a prisão da casa da Vó. Pessoas que quando estão atrás do volante são verdadeiros “Jon Snow”, mas quando fazem alguma m... se transformam em “Polianas” e vão correndo para os braços do papai ou da mamãe com medo das consequências. Sendo machista nesse momento digo: sejam Homens na hora de dirigir e na hora de assumir as responsabilidades, ao invés de bancarem as garotinhas desprotegidas do Reino de Moranguinho e suas amigas Fofoletes.

E o judiciário, na figura de juízes, desembargadores e ministros, interpretem a Lei Maria Mole com mais rigor, já que são magos na interpretação de leis na hora de se beneficiarem. Vamos parar com esse Game de Pescaria, onde a polícia prende, o jornal tira a foto e a justiça manda soltar. Ou então essa Crônica de atropelamento, morte, fuga e impunidade vai continuar recheando as TVs aberta, fechada, jornais impressos, eletrônicos e mesa de bar com os volumes 6, 7, 8...100 dessa saga sem fim.

Para finalizar, amo minha vó. Detesto maria-mole.

Eustáquio Rodrigues Filho – Cristão, Servidor Público e Escritor. Autor do livro “Um instante para sempre”. Instagram: @eustaquiojrf.

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
20.07.19 07h55 »  Suas antenas captam o longínquo
20.07.19 07h55 »  Energia Solar e o anseio por arrecadar
20.07.19 07h55 »  Generosidade
20.07.19 07h55 »  Usuário quer ônibus 100% com ar-condicionado
19.07.19 07h55 »  Indicação nota 10!
19.07.19 07h55 »  O Sol da Caridade, Jesus
19.07.19 07h55 »  Quem sou eu?
19.07.19 07h55 »  Jornada sem retorno
18.07.19 08h48 »  Escola do Legislativo
18.07.19 08h44 »  Carta aberta ao governador de MT

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER