07.03.2013 | 08h12


UFC

Weidman e "Spider" Anderson Silva devem se enfrentar em julho

Americano está em Albany junto de dirigentes do Ultimate para tentar legalizar o MMA no estado de Nova York. Luta seria no dia 6 de julho, no UFC 162



 

A próxima defesa de cinturão de Anderson Silva parece mesmo muito perto de ser sacramentada. Nesta quarta-feira, Chris Weidman disse que teve uma conversa com Lorenzo Fertitta, CEO do UFC, e o dirigente revelou que o Spider concordou em lutar com o americano no dia 6 de julho, em Las Vegas (EUA).


- É um sonho realizado. Desde que estou no MMA, Anderson Silva é o campeão, e eu tenho esperado para bater nele. Agora tenho a oportunidade. Tenho que fazer mais do mesmo - disse Weidman ao "Newsday".

 


A conversa entre Chris Weidman e Lorenzo Fertitta ocorreu em Albany, em Nova York. Ele está no local junto de dirigentes do UFC e outros lutadores, como Ronda Rousey, em uma ação que visa à legalização do MMA no estado.


O UFC ainda não se pronunciou oficialmente sobre a luta. Se a negociação se concretizar, Anderson Silva estará em ação no principal evento do UFC no verão americano pelo segundo ano consecutivo. Em 2012, o Spider enfrentou Chael Sonnen numa aguardada revanche no dia 7 de julho, três dias após o feriado do Dia da Independência dos EUA, comemorado no dia 4 do mesmo mês. O lutador paulista defendeu seu título com um nocaute no segundo round, com a arena do hotel MGM Grand dividida entre brasileiros e americanos.


O brasileiro está invicto em 16 lutas no UFC e tem 10 defesas de cinturão bem sucedidas na organização. No MMA, compila 33 vitórias e apenas quatro derrotas, a mais recente em janeiro de 2006, por desclassificação, contra Yushin Okami. Weidman, invicto em nove lutas na carreira até aqui, tentará mudar o panorama e se tornar um herói nacional. Com cinco vitórias no Ultimate, o lutador de 28 anos vem fazendo campanha para enfrentar Anderson desde julho do ano passado, quando nocauteou Mark Muñoz no segundo round. Recentemente, Dana White havia afirmado que ele estava muito próximo de ter a próxima disputa pelo cinturão dos pesos-médios.


A estreia de Rafael Feijão no UFC será no mesmo evento que deve ter Anderson Silva x Chris Weidman. Segundo o site "MMA Fighting", o ex-campeão do Strikeforce vai enfrentar Thiago Silva no UFC 162. O duelo ainda não foi confirmado oficialmente.


Curiosamente os dois brasileiros estão suspensos por doping. O exame de Thiago Silva deu positivo após sua luta contra Stanislav Nedkov no UFC Frankin x Le, em novembro do ano passado. Já Rafael Feijão foi flagrado em teste realizado depois do Strikeforce: Barnett x Cormier.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER