18.10.2019 | 14h54


POLÍCIA INVESTIGA

Uma pessoa morre e mais de 10 passam mal após festa rave

Segundo a polícia, uma pessoa está internada em estado grave na UTI do Hospital Antônio Bezerra de Faria e outras estão em hospitais particulares. Festa aconteceu no domingo (12).



Uma pessoa morreu e mais de 10 passaram mal após participarem de uma festa rave no sábado (12), na Praia Doce, em Guarapari, no Espírito Santo. O levantamento ainda é preliminar e a suspeita, segundo a Polícia Civil, é que algum novo tipo de droga tenha sido consumido pelas vítimas durante o evento. A identidade da pessoa que morreu não foi informada. O caso é investigado.

Testemunhas contaram que algumas pessoas buscaram atendimento no Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha, e também em hospitais particulares após o evento de música eletrônica.

O delegado Fabrício Dutra, que esteve na unidade hospitalar para investigar o caso, disse que um estudante de engenharia continua internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

"As informações são de que há um óbito, uma pessoa em estado muito grave e também outras pessoas [internadas] em hospitais particulares, já que o público dessa festa era classe média alta", explicou o delegado.

A polícia informou que ainda é cedo para apontar com certeza o que causou tudo, mas que pode ser uma nova droga. O caso é investigado.

"A gente sabe que essas festas são recheadas de drogas sintéticas, então pode ser alguma variável nova que tá entrando no nosso mercado", falou o delegado.

Redes sociais

O ocorrido causou uma comoção nas redes sociais das vítimas. Em um perfil, amigos e familiares deixaram mensagens lamentando o fato.

Em uma das mensagens, um rapaz diz que está torcendo para o amigo melhorar e o outro dá conselhos, diz para os jovens pegarem leve e pensarem no amanhã.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO