19.01.2020 | 12h19


BACTÉRIA DESCONHECIDA

Presos estão sendo “comidos vivos” em presídio

Caso acontece na Penitenciária de Boa Vista (RR) e 24 detentos foram levados ao hospital em estado grave.



Uma doença não diagnosticada, originária de uma bactéria igualmente desconhecida, está deformando o corpo de detentos da Penitenciária de Boa Vista (PAMC). Trata-se de um germe poderosíssimo que está comendo a pele viva dos internos, deixando partes do corpo em decomposição.

Especula-se que a doença tenha origem na grande concentração de sarna, sífilis e bicho geográfico, causando grandes feridas principalmente nãos mãos e pernas dos detentos. É tão grave e até então sem cura, que já levou para o Hospital Geral de Roraima 24 detentos, a maioria em estado grave.

Leia a reportagem completa no site do nosso parceiro Manaus Alerta.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO