16.02.2020 | 14h16


NACIONAL / VEJA FOTOS

Porsche fica destruído após capotar em ponte

Porsche Cayenne era conduzido por rapaz de 20 anos, que sofreu apenas escoriações. Acidente interrompe trânsito na Ponte Cidade Jardim na manhã deste domingo (16). O caso foi registrado como embriaguez ao volante



Um grave acidente envolvendo um carro de luxo interrompe parcialmente o trânsito na ponte Cidade Jardim, na manhã deste domingo (16), na Zona Sul de São Paulo.

Segundo a CET, o veículo, que seguia em direção ao Morumbi, era conduzido em alta velocidade por um estudante de 20 anos. Ele ficou preso nas ferragens, mas sofreu apenas escoriações e foi socorrido consciente ao Hospital Albert Einstein, na Zona Sul.

O veículo Porsche Cayenne blindado saiu do túnel Max Feffer por volta das 5h deste domingo (16) e bateu na mureta da Ponte Cidade Jardim.

O carro decolou, atingiu uma árvore, que foi arrancada, bateu em uma segunda árvore e em um poste que sustenta um painel de sinalização da CET.

O caso foi registrado como embriaguez ao volante.

Pedaços do veículos - pneus, painel, para-brisa, tampa do motor - ficaram espalhados nos dois sentidos da ponte. O para-brisa foi parar no sentido oposto, ao lado do espaço para pedestres. Os objetos foram retirados do local pelos agentes da CET.

Policiais ainda estão checando se o jovem tinha habilitação em dia e se estava alcoolizado. Não há informações se ele passou por teste do bafômetro.

Ainda de acordo com os agentes de trânsito que estão no local, com a violência da batida, a coluna que sustenta o pórtico (nome técnico para a estrutura que sustenta o painéis com placas informativas) da CET foi danificada. Técnicos avaliam a necessidade de trocar a coluna.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO