14.02.2020 | 19h17


CRIME BÁRBARO

Polícia suspeita que alunos colocaram veneno na água para matar professora

Mulher sobreviveu e foi encaminhada ao hospital, onde passou por uma lavagem do estômago; autoridades investigam alunos



Na tarde dessa quinta-feira (13) uma professora da rede pública passou mal e foi encaminhada ao hospital. A educadora da Escola Estadual Doutor Aniz Badra teve sintomas de envenenamento e teve que passar por uma lavagem estomacal. A Polícia Civil investiga se os próprios alunos, de 10 e 11 anos, colocaram veneno na água da mulher. 

A causa do envenenamento ainda não foi confirmada, mas existem indícios de que o que causou o mal-estar foi inseticida para baratas. A professora foi encaminhada para um hospital no Parque Cocaia, região do Grajaú, em São Paulo. O caso foi registrado no 101º Distrito Policial (DP).  

Dois alunos suspeitos estão sendo investigados junto ao Conselho Tutelar. A polícia ainda investiga o que teria levado as crianças a envenenarem a professora, que não teve sua identidade divulgada à imprensa.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO