18.08.2019 | 15h06


DESAVENÇA FAMILIAR

PM é preso após matar o tio a tiros

Segundo a PM, Weslley Adriano de Oliveira Aguiar alegou que o parente sacou um revólver para atirar e ele disparou primeiro.



Rio - Um policial militar de folga foi preso em flagrante por matar o tio a tiros, na manhã de sábado, no bairro São Pedro, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Segundo a PM, Weslley Adriano de Oliveira Aguiar alegou que o parente sacou um revólver para atirar e ele disparou primeiro. A motivação da desavença ainda é desconhecida.  
 
A vítima, identificada inicialmente somente como José Carlos, morreu na hora. O PM, lotado no 4º BPM (São Cristóvão), foi levado para a 110ª DP (Teresópolis), onde prestou depoimento e sua arma foi apreendida. O caso foi acompanhado pela 7ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar e pelo supervisor do batalhão onde o preso é lotado. Após prestar depoimento, o policial foi levado para Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói.
 
Segundo a Polícia Civil, o policial foi preso em flagrante pelo crime de homicídio. A perícia foi feita no local e testemunhas prestaram depoimento à 110ª DP, que investiga a motivação do crime. O corpo da vítima foi encaminhado para identificação e perícia no Instituto Médico Legal (IML) da região. 










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER