04.11.2012 | 16h03


NACIONAL / SÃO PAULO

PM à paisana é morta com 9 tiros na frente da filha, na Zona Norte



Uma soldado da Polícia Militar foi morta a tiros na frente da filha de 9 anos, na Vila Serralheiro, zona norte de São Paulo, por volta das 21h de sábado (3).


Segundo a PM, a policial estava à paisana e chegava em casa, acompanhada da filha, quando foi retirada a força do carro. Os criminosos dispararam ao menos nove tiros contra a militar e fugiram.


A filha começou a gritar pedindo socorro e vizinhos levaram a policial ao Hospital Geral de Vila Penteado. Segundo a PM, a soldado morreu a caminho do hospital.


A policial estava há mais de dez anos na polícia e trabalhava na área administrativa do 18º batalhão.


O caso foi registrado no 72º Distrito Policial, na Vila Penteado.


 

OUTROS CASOS


Um cabo da Polícia Militar foi baleado durante uma tentativa de roubo na manhã de sexta-feira (2), em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Ele foi levado ao Hospital Assunção, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO