29.05.2020 | 08h58


NACIONAL / QUEBRA DE QUARENTENA

Pescaria termina com uma pessoa com Covid-19 e mais de 100 com suspeita

Grupo com 20 amigos, segundo o prefeito da cidade, saiu para pescar no Rio das Mortes. Ao todo, 107 moradores que tiveram contato com eles estão em isolamento social.



Uma pescaria com um grupo de 20 de amigos, sendo a maioria de Paraúna, região sudoeste de Goiás, terminou com uma pessoa infectada pelo coronavírus. O prefeito da cidade, Paulo José Martins (PRB), decidiu colocar 107 pessoas em isolamento por suspeita de contaminação.

Os nomes dos integrantes do grupo não foram divulgados. Assim, o G1 não conseguiu fazer contato para pedir um posicionamento sobre a quebra da regra de isolamento social.

O encontro do grupo aconteceu no domingo (24), quando saíram pelo Rio das Mortes em busca de peixes.

O prefeito disse que foram feitos mais de 50 exames até esta quarta-feira (27). Os resultados que ficaram prontos apontaram a ausência do novo vírus. Mesmo assim, as 107 pessoas que tiveram contato com o grupo ficarão isoladas em casa, conforme decisão do prefeito.

Martins disse que, assim que recebeu a notícia da pescaria, entrou em contato com os envolvidos e pediu que ficassem em casa, já que o município tem três casos confirmados da doença Covid-19. Os outros dois casos são de comerciantes locais.

"Infelizmente, as pessoas não obedeceram nosso apelo em relação ao distanciamento social. Mas as pessoas envolvidas se prontificaram a se isolar e fazer os exames", diz o prefeito.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO