21.07.2019 | 09h23


INTOLERÂNCIA MÁXIMA

Patrão dá tiros e agride funcionária com chutes por causa de porteira aberta



Durante a noite deste sábado (20), a polícia foi chamada até uma estância, no Distrito de Aguão, em Campo Grande, depois de uma mulher de 27 anos ser agredida pelo patrão de 51 anos.

A funcionária contou que trabalha para o homem na sua estância, e que mora ao lado do local. Sendo que por volta das 23 horas deste sábado (20), o patrão apareceu na sua casa descontrolado e a agredindo com tapas e chutes, por causa, de uma porteira que ela havia deixado aberta.

Em seguida, ele fez disparos para o alto indo embora. Quando a polícia chegou foi direto na casa do autor, que foi encontrado dormindo dentro de seu carro. Durante a revista no veículo, os militares encontraram um revólver calibre 38.

Dentro da casa foi encontrado uma munição deflagrada. Ele disse aos policiais que não tinha registro e nem porte de arma. O homem foi levado para a delegacia e autuado por vias de fato, ameaça, e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO