18.11.2019 | 16h32


VIOLÊNCIA MÁXIMA

Mulher morre após ter pescoço cortado por armadilha feita com arame em rua

Suspeita é que arame tenha sido colocado por criminosos que queria derrubar motociclistas e os roubar.



Uma mulher de 36 anos morreu na madrugada deste sábado (16) após ter o pescoço cortado em uma armadilha feita com arame em uma rua de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. A suspeita é que o arame tenha sido colocado para derrubar motociclistas e roubá-los.

Rosimeire Brito do Nascimento trabalhava em um bufê e voltava de um evento quando, ao passar pela Avenida Senador Coimbra, no Parque Vila Verde, foi atingida pela armadilha. O arame estava amarrado entre um poste e uma árvore.

Quando a vítima passou pelo local, o arame cortou o pescoço e ela morreu no local. De acordo com a polícia, criminosos levaram a bolsa e o celular dela. Equipes fazem buscas para tentar identificar e prender quem colocou o arame no local.

O enterro de Rosimeire deve acontecer no domingo (17), no cemitério Cruz das Almas, em Formosa.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO