15.02.2020 | 18h32


NACIONAL / DESCARGA ELÉTRICA

Mulher morre ao encostar em poste de iluminação

Caso aconteceu no Paranoá. Após descarga elétrica, ela sofreu uma parada cardiorrespiatória



Uma mulher de 24 anos morreu após ser vítima de choque elétrico, na madrugada deste sábado (15/2). O caso aconteceu na Avenida Paranoá, próximo ao posto de saúde da cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Thais Cibele da Silva Sousa teria recebido uma descarga elétrica após tocar em um poste de iluminação. 

Com o choque, ela teve uma parada cardiorrespiratória. Inicialmente, Thais recebeu atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas, diante da gravidade do estado de saúde da vítima, as equipes acionaram o Suporte Avançado de Vida dos bombeiros. Ela chegou a ser transportada de helicóptero para o 10º Grupamento de Bombeiro Militar (Paranoá), onde recebeu atendimento médico. 

No entanto, após uma hora de procedimentos, Thais não resistiu. Em nota oficial, a Companhia Energética de Brasília (CEB) informou que esteve no local e que aguarda as investigações e o laudo pericial do ocorrido. "A Companhia lamenta profundamente que o acidente tenha causado o óbito da cidadã, registra seu pesar e solidariedade à família da vítima e encontra-se à disposição das autoridades pra cooperar na elucidação das circunstâncias que possam ter causado esse trágico ocorrido", diz o texto. 

O poste foi desligado e assim permanecerá até a liberação da polícia. A energia que abastece a região, no entanto, não deve ser afetada.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO