13.09.2019 | 10h15


VINGANÇA

Mulher é presa por assassinar homem que a estuprou

Confissão foi feita à polícia cinco anos após crime. Mulher que foi presa disse que filho do padrasto dela a estuprou. Ela aguarda por audiência de custódia



Uma mulher de 23 anos foi presa por matar a tiros o homem que a estuprou dentro de casa, no bairro de Padre Zé, em João Pessoa, na Paraíba, no ano de 2014.
 
Erivânia Rufino de Oliveira confessou que cometeu o crime para se vingar de um estupro que ela tinha sofrido aos 18 anos. O abusador em questão era o filho do padrasto dela, Antônio Carlos Rufino.

A mulher foi encaminhada à Central de Polícia de João Pessoa e deve ser submetida a uma audiência de custódia. A polícia não detalhou por que ela demorou quatro anos para confessar o crime.










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER