01.06.2020 | 14h44


NACIONAL / NECROFILIA

Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada

O caso ocorreu no cemitério municipal de Matinhos, na manhã desta segunda-feira, e chocou a comunidade local



Um caso de necrofilia assustou a cidade de Matinhos, litoral do Paraná, na manhã desta segunda-feira (01/06). Após ser sepultada no domingo (31/05), no Cemitério Municipal, o túmulo de uma mulher foi encontrado aberto e o corpo, com sinais de violência sexual.

As primeiras informações descobertas pela PCPR apontam que o corpo seria de uma moradora do balneário Praia Grande. A mulher, vítima de um infarto fulminante, foi encontrada de bruços (barriga para baixo), parcialmente nua e fora do caixão.

Em entrevista , o cabo Viana, da Polícia Militar de Matinhos, informou que ninguém no cemitério viu possíveis invasores. “Ali não tem iluminação e ninguém fica como vigilante no período noturno. Não há nenhuma informação neste momento no cemitério”, analisou.

Além disto, segundo Viana, há a possibilidade de que mais de uma pessoa tenha realizado o crime. “O corpo estava sujo de areia e com sinais de espancamento. Um osso do pé da vítima foi quebrado. Eles largaram e foram embora”, comentou

A Polícia Civil está ouvindo testemunhas que possam auxiliar na investigação.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO