13.08.2019 | 20h31


ASSISTA O VÍDEO

Morador de condomínio cospe em porteiro após discussão

Profissional teria impedido a entrada do morador, pois ele não estava cadastrado no sistema de segurança do residencial.



O morador de um condomínio no Itapoã foi flagrado ofendendo e cuspindo no porteiro do residencial após ter sido impedido de entrar porque não estava cadastrado no sistema de segurança. O caso ocorreu no último sábado (10/08/2019) e foi registrado na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) como injúria.

A filmagem mostra o homem discutindo com o porteiro, que está no interior de uma guarita. Exaltado, ele xinga o profissional de “babaca”, diz que não vai sair do local, manda o homem calar a boca e cospe nele.

Nesse momento, outro morador intervém e diz que o registro é exigência da administração. “Se você não sabe quem sou eu, eu toco essa m…, eu colaboro. Tá aqui a p… da placa do carro, o meu RG está na mão dele. Ele só pode é liberar. Não saio daqui nem f…”, exalta-se o morador.

Em seguida, ele termina de beber uma garrafa de cerveja e senta no capô do carro, um Mercedes C-180. A confusão só acaba quando o advogado do condomínio chega, mas essa parte não aparece no vídeo.

A delegada Jane Klébia, chefe da 6ª DP, disse que será assinado um termo circunstanciado de ocorrência e o caso será encaminhado à Justiça. A pena para injúria é de três meses a um ano de detenção, geralmente convertida em penas alternativas.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER