25.03.2020 | 09h08


NACIONAL / CORONAVÍRUS

Médico de 26 anos morre e causa comoção na internet

Usama Riaz foi declarado herói nacional em seu país. Ele morreu enquanto tentava salvar pacientes infectados com Covid-19



Um jovem médico está entre os mortos pelo novo coronavírus no Paquistão, onde crescem assustadoramente os números de infectados pela Covid-19. Usama Riaz perdeu a vida tentando salvar pacientes no Hospital Gilgit-Baltistão. A notícia causou comoção nas redes sociais.

O governo local declarou o médico como herói nacional, segundo o Ministério da Informação da região. No Twitter, um ativista de direitos humanos postou fotos do jovem profissional, comentando que ele havia passado as últimas semanas examinando e tratando pacientes. “Hoje, ele perdeu a própria batalha contra o coronavírus, mas deu vida e esperança a muitos”, lamentou.

Várias pessoas se comoveram com o caso e postaram mensagens de respeito pelo papel desempenhado por ele no enfrentamento à pandemia. “Tinha apenas 26 anos. O Dr. Usama era um cidadão corajoso do Paquistão. Ele sabia o perigo em que estava se metendo, mas, até o último suspiro, tentou o seu melhor”, comentou um usuário do microblog.

No Paquistão, a maioria dos novos paciente veio do Irã, país vizinho. O governo paquistanês fechou os aeroportos de Karachi e Sukkur. As principais estradas de Karachi foram bloqueadas com contêineres e arames farpados e os cidadãos estão sendo forçados a cumprir quarentena.

Os líderes políticos do país exigem que o primeiro-ministro, Imran Khan, imponha bloqueio completo para impedir a disseminação de coronavírus.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO