10.05.2019 | 10h30


APÓS TENTATIVA DE ASSALTO

Médica baleada invade calçada com carro, atropela dois e morre no Rio

Danielle de Almeida, de 51 anos, após ser baleada em tentativa de assalto conseguiu dirigir por 400 metros



Após ser baleada em uma tentativa de assalto, uma médica perdeu o controle do seu carro e atropelou duas pessoas em frente ao Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet), no Maracanã, zona norte do Rio, na manhã desta sexta-feira (10/05/2019). Motorista morreu no local do acidente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a médica Danielle Vivian Midéa Lasmar de Almeida, de 51 anos, foi baleada na Rua Moraes e Silva e ainda conseguiu dirigir por 400 metros até que subiu na calçada e acabou batendo em um poste e um hidrante. Segundo os bombeiros, a motorista foi encontrada com perfuração no tórax, por arma de fogo.

As vítimas do atropelamento, um estudante do Cefet, de 16 anos, e o segurança do Cefet Ribamar Ferreira, de 58, foram socorridas ao Hospital Municipal Souza Aguiar.

Em nota, a Polícia Militar informou que policiais do 6ºBPM (Tijuca) foram acionados para uma ocorrência na rua General Canabarro, e no local encontraram a vítima baleada. O veículo parou na calçada em frente ao Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet).

O trânsito na região foi interrompido para o trabalho da perícia. Até o momento, ninguém foi preso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER