05.08.2014 | 09h19


NACIONAL / SÃO PAULO

Mais de 400 carros pegam fogo no pátio da Ciretran em Jundiaí

Estimativa é de que 900 carros estavam no pátio.



Pelo menos 400 veículos que estavam em um pátio usado pela Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Jundiaí (SP) foram incendiados na noite de segunda-feira (4).

De acordo com os moradores, o incêndio começou por volta das 21h30 e se espalhou rapidamente. A estimativa é de que 900 veículos estavam no pátio e metade foi tomada pelo fogo. De longe era possível ver as chamas e a fumaça densa.

Por causa do incêndio a rua ao lado precisou ser isolada. Os moradores foram retirados às pressas para que os bombeiros pudessem fazer um trabalho de monitoramento pelo risco das explosões.

A dona de casa Rosemar Moraes conta que teve que sair correndo de casa com o filho de 8 meses no colo. "Eu gritava desesperada por socorro e eu com medo da torre cair em cima da casa", lembra.

Ângela Silva também saiu de casa às pressas. "Meus sobrinhos estavam gritando e falando que estava pegando fogo nos carros. Eu fui olhar lá fora e vi que o fogo já estava chegando próximo à minha casa e os carros explodindo. Eu entrei em desespero", conta.

Bombeiros de Jundiaí e Itatiba (SP) levaram mais de quatro horas para controlar o fogo. Representantes da Defesa Civil das duas cidades também ajudaram no combate ao incêndio. "Deu-se combate em duas frentes, porque o fogo já havia se alastrado pelo pátio. A nossa preocupação inicial foi preservar as residências que têm no entorno e aí partiu para o combate efetivo aos veículos", explicou tenente Gustavo Genari.

O dono do pátio não quis se manifestar. A Polícia Civil vai investigar as causas do incêndio.

Itatiba

No domingo (3), 17 carros foram queimados em um pátio que presta serviço para a Ciretran de Itatiba. Segundo informações da polícia, vândalos atearam fogo no lixo há pelo menos 50 metros do local e as chamas se espalharam pelo mato seco do terreno, que tem duas antenas de rádio.

As chamas atingiram também a vegetação em cima das árvores e o fogo se alastrou rapidamente pelos veículos que ficaram queimados. Segundo o departamento, 13 dos veículos atingidos iam ser leiloados e estavam no local há mais de três anos.

Conforme o proprietário, todos os carros tinham mais de 15 anos de uso. De acordo com ele, o estrago poderia ter sido maior já que o local, que está com 200 veículos apreendidos, tem capacidade de abrigar mais 200. O dono do pátio tentou apagar o fogo antes do Corpo de Bombeiros chegarem.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO