16.10.2019 | 08h36


CAUSA NÃO DIVULGADA

Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco, morre

A morte foi confirmada pelo banco, mas ainda não há detalhes sobre a causa.



Lázaro de Mello Brandão, ex-presidente do Bradesco e do conselho de administração do banco, morreu na manhã desta quarta-feira, aos 93 anos. Ele entrou no banco em 1942, quando a instituição ainda se chamava Casa Bancária Almeida & Companhia, e deixou o comando do conselho em 2017

Filho do administrador de fazendas José Porfírio Bueno Brandão e dona Anna Helena Mello, Lázaro Brandão nasceu na cidade de Itápolis, interior de São Paulo, em 1926.

A morte foi confirmada pelo Bradesco, mas ainda não há detalhes sobre a causa. No início do mês o colunista Lauro jardim, do jornal "O Globo", noticiou que Brandão havia se submetido a uma cirurgia de diverticulite.

Brandão era uma pessoa extremamente discreta e reservada. Chegava todo dia no banco às 7h, mesmo quando já estava na presidência, fosse da diretoria, fosse do conselho. Sempre teve a confiança absoluta de Amador Aguiar, o homem que fez da modesta casa bancária um dos maiores bancos privados do Brasil.

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO