07.11.2014 | 09h13


NACIONAL / VEJA VÍDEO

Jovem imobiliza ladrão após ter irmão baleado em assalto no DF

Ele esperou chegada da PM ao local, em frente à estação Ceilândia Norte.



Um rapaz que teve o irmão baleado durante tentativa de assalto em Ceilândia, no Distrito Federal, conseguiu imobilizar o suspeito até a chegada da polícia, na manhã desta quarta-feira (5). Imagens feitas por celular mostram o jovem ao lado do ladrão e do irmão na calçada em frente à estação Ceilândia Norte (veja vídeo acima).

O vídeo mostra um grupo de pessoas em torno dos envolvidos. O rapaz que conteve o assaltante pede socorro pelo irmão, que levou dois tiros, no tórax e no abdome. o crime aconteceu por volta das 9h30. As vítimas têm 21 e 26 anos, segundo a Polícia Civil.
 


O jovem baleado foi levado pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Não há informações sobre o estado de saúde dele. Segundo a Polícia Militar, o suspeito estava com um revólver calibre 38, com quatro cartuchos deflagrados e o cabo quebrado.

Segundo o autor das imagens, o assistente administrativo Deyvyd Souza, testemunhas disseram que a reação da vítima só ocorreu depois que o suspeito tentou atirar nele, mas a arma não disparou.

"Parece que o cara tentou render os dois, mas, no que o irmão virou, ele pegou e atirou. Ele disse que o bandido também tentou atirar nele, mas o revólver não disparou. Por isso que pegaram e avançaram em cima dele.”

Antes da chegada dos bombeiros, policiais militares que faziam patrulhamento na região foram informados de que três pessoas ensanguentadas estavam brigando. O suspeito foi levado à delegacia apenas depois da chegada dos bombeiros.

O suspeito foi preso em flagrante por tentativa de latrocínio e foi levado para a 23ª DP. Em seguida, ele foi encaminhado para a carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO