21.01.2020 | 09h13


NÃO ACEITAVA O TÉRMINO

Jovem de 20 anos é incendiado pela ex-namorada

Motoboy Daniel Jean Rocha, de 20 anos, consertava a motocicleta na rua quando a jovem apareceu com uma garrafa de gasolina. Ele está internado no Hospital Souza Aguiar, no Centro



A Polícia Civil investiga o caso de um jovem motoboy de 20 anos incendiado no Cachambi, na Zona Norte do Rio. Segundo familiares, a autora do crime foi a ex-namorada do rapaz, também de 20 anos, que não aceitava o fim do relacionamento.

Segundo tio de Daniel Jean Rocha Claudino, o jovem consertava o cabo do acelerador da motocicleta em frente ao prédio em que mora na última quarta-feira (15). Por volta das 11h, a ex-namorada apareceu com uma garrafa de gasolina e uma caixa de fósforo.

"A rua estava cheia, todo mundo viu. Ele se jogou no chão para apagar o fogo, tiraram a bermuda dele, um amigo veio com um cobertor e enrolou ele. Levaram em um táxi para o Salgado Filho, onde ele ficou até sábado", conta Márcio Mesquita, tio do jovem.

Daniel foi transferido para o Hospital Souza Aguiar no sábado (18), onde está internado no Centro de Tratamento de Queimados. A família diz que 55% do corpo do jovem foi atingido, principalmente peito, pescoço e braços, e que o estado de saúde dele é grave.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o rapaz estava estável às 9h50 desta terça-feira (21).

Ainda segundo a família, a relação dos jovens era conturbada, com brigas e traições, e por este motivo o rapaz decidiu dar fim ao relacionamento de aproximadamente 4 anos. "Ela não aceitava, parecia que estava obcecada, obstinada. Eu pedia para ela deixar meu sobrinho em paz", afirma a tia de Daniel, Andrea dos Santos Rocha.

As investigações do caso estão a cargo da 23ª DP (Méier). Segundo a polícia, os agentes aguardam a melhora do quadro de saúde do jovem para que ele possa ser ouvido. Nesta terça-feira (21), a delegacia buscava mais testemunhas do crime.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO