alexametrics
01.09.2014 | 08h41


NACIONAL / SÃO PAULO

Imagens mostram ventania que deixou 13 pessoas feridas

Ventos quase chegaram a 100 km/h em Guarujá, no litoral de São Paulo.



A forte ventania que atingiu a Baixada Santista neste domingo (31) causou nervosismo em muitas pessoas que transitavam pelas vias da região no momento do incidente. Em imagens conseguidas pelo G1, é possível observar que algumas pessoas ficaram desesperadas e chegaram a correr pelas ruas para tentar se proteger. Em Guarujá, no litoral de São Paulo, os ventos chegaram a 93 km/h. Já em Santos, também no litoral paulista, onde os ventos alcançaram 70 km/h, segundo a Base Aérea, 13 pessoas ficaram feridas. Algumas das vítimas se feriram durante a 'Cãominhada', na orla de Santos.

CLIQUE AQUI E VEJA O VÍDEO.

O climatologista Rodolfo Bonafim, da ONG Amigos da Água, destaca que é incomum que ventos na região atinjam essa velocidade. “Apesar de estarmos em uma localidade à beira-mar, onde é normal a intensidade de ventos, realmente não é muito comum o que aconteceu neste domingo. Foram 93 km/h noGuarujá, 70 km/h em Santos, fora os ventos fortes registrados em outras cidades da região. Esse é um fato que nos chama a atenção, mas que na verdade ocorreu por causa de uma área de instabilidade e de baixa pressão, que atingiu o litoral de São Paulo depois de passar pelo Sul do Brasil e pelo Vale do Ribeira”, explica.

Segundo o climatologista, porém, esse fato não possui ligação com a chegada de uma eventual frente fria no litoral paulista. “Não tem relação com frente fria. Essa é a quinta ventania em apenas 43 dias na região. Os ventos ficam mais fortes nessa época do ano, quando começa a transição do inverno para a primavera”, completa Bonafim.

Locais atingidos
 

Em Santos, no Morro do São Bento, o muro de uma construção acabou desabando, mas não deixou feridos. Parte de um prédio em obras na Avenida Floriano Peixoto também caiu, assim como uma árvore na Avenida Afonso Pena.

Segundo o Salvamento Aquático do Corpo de Bombeiros, dois rapazes que estavam em uma embarcação a vela, na altura do Canal 4, tiveram dificuldades para voltar à terra, precisando ser rebocados pela equipe da corporação. Uma árvore também caiu em Peruíbe, no litoral paulista, mas não houve feridos. Em Guarujá, outra árvore atingiu um bar no bairro Prainha, sem registro de vítimas.

Vítimas em Santos

Segundo a Polícia Militar, algumas pessoas ficaram feridas ao serem atingidas por telhas que se desprenderam de prédios e casas e por galhos de árvores, nas proximidades do Canal 6. Outras áreas também registraram feridos.

Das 13 vítimas, algumas delas foram atendidas e liberadas logo em seguida. No entanto, quatro pessoas ainda ficaram internadas, todas no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Santos. Dentre elas, um menino de cinco anos, que teve escoriações e uma ruptura no baço. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa e pode ser submetido à uma cirurgia para a retirada do baço. Um homem, que sofreu uma fratura exposta na coxa também pode ser operado nesta segunda-feira (1º).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime