20.02.2020 | 09h05


NACIONAL / DOENTIO

Idoso é preso por estuprar e engravidar neta de 12 anos

Vítima, atualmente com 22 anos ainda era menor de idade quando crimes aconteceram. Homem alegou à polícia que estava por entidades.



Na manhã desta terça-feira (18), um idoso foi preso e condenado a 11 anos em regime fechado por ter abusado sexualmente e engravidado a própria neta, uma menor, de 10 anos de idade, no município de Borba, distante 151 quilômetros de Manaus. Atualmente, vítima tem 22 anos.

De acordo com a escrivã da 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Borba, Carla Vieira, o suspeito foi preso em via pública, no Centro do município. Atualmente com 22 anos de idade, a vítima chegou a engravidar do avô, aos 12 anos, em decorrência dos estupros.

“Além das diligências indicarem a existência do delito, um teste de DNA constatou que o infrator era realmente o pai do filho da vítima, o que confirmou o cometimento dos estupros. Ainda naquele ano, o idoso se tornou foragido da Justiça”, explicou a escrivã Carla.

Ainda conforme a delegada, após ser conduzido à sede da delegacia, o idoso alegou, em depoimento, que nas ocasiões em que cometia os crimes, estaria incorporado por entidades.

A ordem judicial em razão de sentença condenatória, em nome dele, foi expedida no dia 11 de fevereiro deste ano, pelo juiz Leonardo Mattedi, da Comarca de Borba.

Após os procedimentos cabíveis, ele permanecerá na carceragem da unidade policial, onde irá cumprir a pena.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO