07.10.2019 | 14h11


"EU QUERIA FICAR FAMOSO"

Homem que gravou vídeo nu na frente dos filhos é indiciado por pornografia

Mãe das crianças foi interrogada e liberada e está com os meninos. Homem teria gravado o vídeo porque queria fazer sucesso no WhatsApp, segundo a polícia.



A Polícia Civil indiciou o homem de 45 anos que gravou um vídeo nu na frente dos três filhos, de 9 e 7 anos e um bebê de menos de um ano, em Rodrigues Alves, no interior do Acre. O inquérito foi concluído dentro do prazo de dez dias e apenas o pai foi indiciado. Ele teria pedido ao filho de 9 anos para gravar o ato.

"Nós indiciamos por gravar pornografia na frente dos filhos e encaminhamos para o Poder Judiciário. Agora é aguardar o desenrolar do processo", informou o delegado Obetâneo dos Santos, que comanda as investigações.

O delito cometido, de gravar pornografia, segundo o delegado, tem pena prevista entre 4 a 8 anos de prisão.

O pai foi preso em flagrante no dia 23 de setembro e encaminhado ao Presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul. De acordo com o delegado, ele continua preso e o inquérito foi encaminhado para a Justiça. Na época da prisão, a polícia informou que a mãe das crianças teria assistido ao ato e não tinha feito nada.

Segundo Santos, as crianças estão com a mãe, que não foi indiciada. As crianças foram encaminhadas ao Conselho Tutelar do município para que façam acompanhamento psicológico.

"Nós observamos na questão dela [mãe] e naquele momento preferimos não indiciá-la no mesmo crime uma vez que ela nega veementemente que tenha concordado. Não apareceu nada que pudesse, com mais objetividade e transparência, nos levar a crer que ela efetivamente participou", concluiu.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER