21.07.2019 | 14h59


MONSTRUOSIDADE

Homem estupra e mata enteada de 9 anos

Segundo a Polícia Militar (PM), corpo de menina de 9 anos foi encontrado com marcas de violência e de abuso.



O corpo de uma menina de 9 anos foi encontrado no fundo de um vale do Jardim Abussaf, em Londrina, no norte do Paraná, na manhã deste domingo (21). Segundo a Polícia Militar (PM), o padrasto da criança confessou o crime e foi preso.

A PM afirma que o corpo da criança, chamada de Sara Manuele Silva, estava com sinais de violência, foram encontradas marcas no pescoço, e de abuso sexual. A menina estava apenas com um blusa.

O Instituto de Criminalística confirmou que lesões foram encontradas no pescoço da menina e informou que exames devem apontar se a vítima foi abusada sexualmente, além da causa da morte.

A polícia diz ainda que a família registrou um Boletim de Ocorrência do desaparecimento da menina no sábado (20).

No boletim sobre o desaparecimento, o padrasto contou à polícia que ele e a menina foram visitar uma pessoa por volta das 9h de sábado e voltaram para casa uma hora depois. Ele disse que quando chegou em casa foi tomar banho e deixou a criança na sala, assistindo televisão. Após isso, não viu mais a enteada.

O Boletim de Ocorrência descreve ainda que o padrasto, um primo dele passaram a procurar a vítima, e que algumas pessoas disseram que viram um carro preto com uma garota dentro pedindo socorro.

Também de acordo com a PM, uma pessoa contou que viu o homem indo com a menina em direção ao fundo desse vale no sábado.

O corpo da menina foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO