10.07.2020 | 14h10


NACIONAL / RISCO MAIOR

Fumantes são mais vulneráveis à Covid-19, alerta OMS

Organização afirmou que grupo é mais propenso a desenvolver quadro grave da infecção.



Durante a coletiva de imprensa semanal da Organização Mundial da Saúde (OMS) desta sexta-feira (10), o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que é urgente que fumantes parem de fumar com a pandemia do coronavírus.

“As evidências mostram que as pessoas que fumam são mais vulneráveis que as que não fumam a desenvolverem casos graves da Covid-19”, informou Tedros, lembrando que o tabaco mata cerca de 8 milhões de pessoas.

A Organização lançou nesta sexta um programa gratuito para ajudar mais de 1 bilhão de usuários de tabaco a pararem de fumar e reduzirem os riscos relacionados ao coronavírus.

"Essa iniciativa ajudará as pessoas a acessar gratuitamente os recursos necessários para deixar o tabaco, como terapia de reposição de nicotina e acesso a um profissional de saúde digital para aconselhamento [sobre Covid-19 e nicotina]", informou o diretor-geral.

Pandemia fora de controle

Mais de 12 milhões de casos de coronavírus foram relatados desde o início da pandemia, sendo que metade deles foram relatados somente nas últimas seis semanas.

"Nas últimas 6 semanas, os casos mais que dobraram", disse Tedros.

Na quinta-feira (9), durante a reunião dos estados membros, a OMS alertou que a pandemia continua se acelerando pelo mundo e que maioria dos países não conseguiu controlá-la.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO