24.06.2019 | 09h13


TRAUMATISMO CRANIANO

Filho de Huck e Angélica bateu com a cabeça na prancha em acidente

Segundo Delegacia da Capitania dos Portos de Angra dos Reis, Benicio, de 11 anos, esquiava nas proximidades de Ilha Grande.



A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informou que o acidente envolvendo Benicio, um dos filhos do casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck, foi causado após um desequilíbrio do menino na prancha de wakeboard. De acordo com informações passadas pelo comandante da lancha da família para a Delegacia da Capitania dos Portos de Angra dos Reis (DelAReis), o pequeno Benicio, de 11 anos, esquiava nas proximidades da Ilha Grande, Costa Verde do Rio, desequilibrou-se e chocou a cabeça contra a prancha.

A DelAReis chegou a enviar uma equipe de busca e salvamento até a área onde a lancha estaria. No entanto, por tratar-se de pancada na cabeça, Huck e Angélica optaram pela condução ao hospital para realizar os procedimentos médicos para esse tipo de acidente.

Benicio está internado no Hospital Copa Star, da rede D'or, em Copacabana,  Zona Sul carioca, onde chegou em estado grave após passar pela na emergência pediátrica do Copa D'or. Segundo o próprio Huck em um post no Instagram neste domingo, o filho foi operado e passa bem . Em nota, o Copa Star afirmou não ter autorização para falar sobre o caso. Benicio está sendo assistido pelo Dr. João Pantoja, em conjunto com a equipe médica do neurocirurgião Gabriel Mufarrej, e sua pediatra Andrea Paiva, segundo informou Huck.

O menino foi submetido a uma neurocirurgia nesta madrugada após sofrer um acidente durante prática de wakeboard, em Ilha Grande, na Costa Verde do Rio. Segundo as informações médicas, Benicio sofreu um traumatismo cranioencefálico com afundamento têmporo parietal direito associado a hematoma extradural subjacente ao afundamento.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER