24.02.2020 | 09h47


NACIONAL / LAÇOS DE FAMÍLIA

Filha e netas são presas suspeitas de matar avó por indenização

A motivação para o assassinato seria a herança: a idosa havia recebido aproximadamente R$ 350 mil



A polícia prendeu uma mulher de 36 anos, o companheiro dela, de 25, e a filha, de 19, além de apreender a outra, de 14, na madrugada deste domingo (23/02/2020). 

A família é suspeita de envolvimento na morte uma idosa de 61 anos, mãe e avó das suspeitas. Ela foi encontrada morta em casa, com sinais de estrangulamento, por volta das 23h30 deste sábado (22/02/2020), em Itaquaquecetuba, região metropolitana de São Paulo.

A motivação para o assassinato seria o dinheiro de uma indenização de R$ 350 mil que a vítima havia recebido. A filha da vítima, segundo os policiais, disse ter encontrado a mãe desacordada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) e os bombeiros foram acionados, constatando que ela já estava morta.

Instantes após a constatação do homicídio, a PM localizou o companheiro da filha da vítima. “Ele contou que, juntamente com a mulher e as duas filhas dela, praticaram o crime. O suspeito contou que a idosa foi estrangulada”, diz trecho de nota da Polícia Civil











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO