29.01.2020 | 11h11


SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Defesa Civil confirma 53 mortos e 65 feridos após chuvas em MG

Levantamento considera óbitos entre os dias 24 e 29 de janeiro. 101 cidades seguem estão em situação de emergência no estado



Desde a última sexta-feira (24), Desde a última sexta-feira (24), 53 pessoas morreram por causa das chuvas em Minas Gerais. De acordo com o balanço divulgado pela Defesa Civil Estadual na manhã desta quarta-feira (29), 38.703 pessoas estão desalojadas e outras 8.157, desabrigadas, perderam suas casas no estado.

Até o momento, 65 pessoas ficaram feridas. O número de pessoas mortas aumentou em relação ao boletim divulgado na noite desta terça-feira, que indicava 52 óbitos. Duas pessoas, uma em Tabuleiro, na Zona da Mata e uma em Conselheiro Lafaiete seguem desaparecidas.

A última morte registrada pela Defesa Civil aconteceu em Nova Lima, na Região Metropolitana, de BH, na noite desta terça-feira. A cidade onde mais pessoas morreram é Belo Horizonte. Foram 13 óbitos na capital, conforme a Defesa Civil.

Cidades em situação de emergência

 

O governo federam já reconheceu situação de emergência em 101 cidades. A medida vale por 180 dias e possibilita ações mais céleres para a recuperação dos estragos e auxílio à população. Todos os órgãos estaduais estão autorizados a atuar nos trabalhos sob coordenação da Defesa Civil de MG.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO