12.08.2012 | 13h57


MERCADO IMOBILIÁRIO

Cresce procura de imóveis por jovens

O mercado começa a atender essa parcela da população no perfil dos empreendimentos



Procurando por inovações, apartamentos menores e bem sucedidos cada vez mais cedo, os jovens tem conquistado espaço no mercado imobiliário. Esse grupo tem necessidades específicas como localização, praticidade, segurança e, principalmente, facilidades de crédito.


De acordo com o Sistema Financeiro de Habitação, em 2011, 42% dos financiamentos foram feitos a pessoas com menos dos 35 anos. Números preliminares apontam que o percentual aumentou para 55% só no início de 2012. Especialistas afirmam que o aumento se deve ao fato de o poder aquisitivo dos jovens hoje ser maior dos que há 15 anos atrás.


"Eles estão entrando no mercado, com muita informação sobre todas as áreas, por isso são mais exigentes. O mercado de hoje é para os jovens", afirmou o diretor da imobiliária Ideale Imóveis, Ederson Pastre.


Pastre ressalta que os bancos estão facilitando a aquisição do bem. "As taxas de juros e o subsidio são atrativos, o que torna o processo mais rápido e confiável", afirmou.


Dessa forma, as empresas investem em inovações para chamara atenção dos novos consumidores.  Como por exemplo, apartamentos menores, de até 50 m², com um ou dois quartos. "Esses jovens não tem projeção de constituir família grande, por isso preferem a praticidade dos compactos", disse a também diretora da Ideale, Sandra Martini. Segundo a corretora, a localização ainda é uma das principais exigências na capital mato-grossense. "Os cuiabanos preferem empreendimentos próximos à supermercados, comércio e shoppings", completa.


Apesar das facilidades de aquisição, os diretores alertam para alguns cuidados que precisam ser tomados. Pesquisar a credibilidade da construtora, contar com a ajuda de profissionais da área, buscar por financiamentos, como o  Minha Casa, Minha Vida, além de não ter medo de investir. "Cuiabá vive a pré-industrialização e está gerando demanda para o mercado.  É hora de aproveitar o momento e comprar seu imóvel próprio. Tem mercado pra todo mundo", ressalta Sandra.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER