29.03.2020 | 09h04


NACIONAL / DADOS PREOCUPAM

Coronavírus deixa mais de 1,7 mil mortos em um dia na Espanha e Itália

A Europa já representa dois terços dos mais de 30 mil mortos pela Covid-19



A pandemia do novo coronavírus voltou a atingir com força Itália e Espanha neste sábado, com mais de 1,7 mil mortos nos dois países e o nervosismo crescente da população, enquanto, nos Estados Unidos, país com mais infectados, o presidente Donald Trump advertiu que poderá colocar o estado de Nova York em quarentena.

A Europa já representa dois terços dos mais de 30 mil mortos pela Covid-19. Na Espanha, o Ministério da Saúde anunciou números desoladores neste sábado: 832 mortos em 24 horas e um balanço total que já supera 5 mil vítimas fatais.

A região mais afetada é Madri, com 2.757 mortos, quase metade do total. A partir de segunda-feira a cidade habilitará um segundo necrotério em uma instalação pública que estava abandonada. O governo local já havia instalado um necrotério em uma pista de patinação no gelo em um centro comercial.

Além disso, o Exército e as autoridades locais criaram um hospital de campanha com capacidade máxima para 5.500 leitos em um centro de convenções da capital espanhola.

O governo do socialista Pedro Sánchez, que goza de poderes especiais graças ao estado de emergência, ordenou que os trabalhadores de setores não essenciais permaneçam em casa por 15 dias, para conter a propagação da doença.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO