19.11.2019 | 09h07


POSSESSIVA

Com câncer, mulher tira a própria vida após tentar matar o marido

A esposa não queria que o marido se envolvesse com outra depois que ela morresse



Uma tailandesa de 38 anos, diagnosticada com câncer terminal, atirou no marido antes de se matar. O crime aconteceu em Chachoengsao, região central da Tailândia, na última sexta-feira (15/11/2019).

Pilaiwan Kimaphan foi encontrada morta em casa, ao lado de Montree, 43 anos. Ele ainda respirava quando os investigadores chegaram ao local. Internado às pressas, ele continua em estado grave em um hospital da região.

Segundo reportagem do Daily Mail, pessoas que conheciam o casal disseram que Pilaiwan estava preocupada que o marido se envolvesse com outra mulher depois que ela morresse.

Antes de cometer o crime, a mulher chegou a mandar uma mensagem para o filho do casal. “Nós sentimos muito por isso, mas mamãe e papai não aguentam mais. Eu estou muito cansada. Me desculpe”, teria escrito.

“Acreditamos que ela queria acabar com o sofrimento e atirou nele e depois nela. Vamos interrogar o marido se ele voltar a ficar consciente”, disse o policial responsável pela investigação.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO