18.01.2020 | 11h33


APÓS TEMPORAL

Casal de idosos morre soterrado após desabamento

A enchente, que começou nesta sexta-feira (17), também já inundou ruas, invadiu casas e arrastou carros e árvores.



Os municípios de Iconha, Alfredo Chaves, Marechal Floriano e Vargem Alta estão em alerta máximo em função da chuva forte que atinge o Sul do Estado e que vem provocando estragos desde esta sexta-feira (17). De acordo com informações da Defesa Civil, a forte enchente já provocou a queda de barreiras, desabamento de estruturas e alegamentos de ruas e de casas. Até o momento, duas vítimas foram confirmadas. Trata-se de um casal de idosos, que morreu em um desabamento em Alfredo Chaves.

Alfredo Chaves foi o município onde mais choveu no Espírito Santo nas últimas 24 horas, com 249.2 milímetros de chuva. O Rio Benevente, que corta a cidade transbordou, inundando ruas e deixando moradores desalojados.Os bairros mais baixos da sede da cidade, das comunidades de Cachoeira Alta, Matilde, São Bento de Urânia e alguns trechos que ligam o centro da cidade a BR 101 estão alagados

No bairro Cachoeirinhas, sentido Matilde, uma casa desabou, deixando três pessoas soterradas. Uma delas foi resgatada com fraturas, mas as outras duas, que seriam um homem e uma mulher idosos, ainda estão debaixo dos escombros. A família das vítimas afirma que os bombeiros ainda não chegam ao local e moradores estão se mobilizando para ajudar.

No município de Iconha, um caminhão frigorífico foi arrastado pelas águas e uma passarela desabou. No centro da cidade, carros e árvores foram arrastados pela correnteza. Até mesmo o Hospital Danilo Monteiro de Castro ficou inundado até o segundo pavimento.

O governador Renato Casagrande chegou ao município na manhã deste sábado (18) para acompanhar os trabalhos da Defesa Civil Estadual.

Até o momento, 34 pessoas tiveram que deixar suas casas. Na cidade de Vargem Alta, que ainda se recupera pelos estragos deixados pela chuva que caiu no dia 3 de janeiro, 24 pessoas estão desabrigadas.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO