26.02.2020 | 11h28


NACIONAL / RELAÇÕES PERIGOSAS

Bebê é raptado após mãe recusar sexo com presidiário

O caso foi registrado no bairro São João Batista, em Porto Velho, Rondônia.



O apenado Francirley M. B., 30 anos, está sendo procurado acusado de raptar a filha da ex-namorada, um bebê de oito meses, levado de uma residência no Bairro São João Batista, em Porto Velho.

A mulher relatou aos policiais que o apenado chegou em sua residência, sob efeito de drogas, e tentou manter relação sexual à força.

Com a negativa, o homem se irritou, pegou a criança e fugiu em uma bicicleta.

A vítima acionou a Polícia Militar, que tentou rastrear o apenado pela tornozeleira eletrônica que ele usa, mas não conseguiu.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO