07.11.2019 | 14h05


VIOLÊNCIA MÁXIMA

Aluno de 17 anos entra em escola e atira contra colegas; dois ficam feridos

Segundo a Polícia Militar, o criminoso tem 17 anos e foi apreendido. Os feridos foram encaminhados para um hospital em Padre Paraíso; situação deles é estável.



Dois alunos ficaram feridos na zona rural de Caraí (MG) após um ataque a tiros por volta das 8h desta quinta-feira (7) na Escola Estadual Orlando Tavares, no distrito de Ponto do Marambaia, no Vale do Jequitinhonha. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, um aluno que não havia ido à aula pulou o muro e iniciou os disparos. A Polícia Militar diz que o criminoso, que tem 17 anos, foi apreendido. Outro adolescente também foi detido, mas ainda não se sabe qual a participação dele na ação.

Segundo a PM, os estudantes feridos estavam dentro de uma das salas do 1º ano do Ensino Médio. Ainda de acordo a polícia, os tiros atravessaram a porta da sala de aula, que estava fechada. Uma das vítimas foi atingida no pescoço, a outra em um dos braços.

Os feridos foram socorridos pelo Samu e encaminhados ao hospital em Padre Paraíso. Por meio de nota, a direção do hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja informou que os dois adolescentes foram atendidos, estão estáveis, e que um deles recebeu transfusão de sangue e aguarda transferência para hospital em Teófilo Otoni.

Inicialmente, a PM havia informado que dois criminosos haviam invadido a escola e que uma garrucha antiga de dois canos foi apreendida. Mais tarde, a Secretaria de Estado de Educação informou que apenas um aluno entrou no estabelecimento.

O G1 também tenta confirmar como o criminoso acessou a escola. Enquanto o Estado informou que o menor pulou o muro da instituição, a PM afirma que o jovem entrou uniformizado e trocou de roupa dentro da unidade antes do ataque.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou quais foram as providências tomadas assim que soube do ocorrido. Veja nota na íntegra:

"A equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Teófilo Otoni está no local para apurar a situação e dar todo o apoio e auxílio à direção da unidade escolar, à comunidade escolar e às famílias dos dois alunos feridos. De acordo com a direção da unidade, os dois tiros foram disparados por um aluno da instituição que não estava presente hoje às aulas, pulou o muro da escola armado e efetuou os disparos. A direção da escola acionou a Polícia Militar imediatamente e os dois alunos feridos foram levados para o hospital".

Ainda segundo a secretaria, a direção da escola disse que todas as informações necessárias estão sendo passadas para os órgãos que farão a investigação e apuração do caso.

As aulas foram suspensas nesta quinta, e a previsão é de que sejam retomadas na sexta-feira (8).

 










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO