04.12.2019 | 08h14


SERVIDORES AFASTADOS

Vídeo mostra agentes da Semob atropelando mototaxista durante perseguição em Cuiabá

A Prefeitura de Cuiabá informou que servidores envolvidos no caso já foram afastados das funções e, ainda, podem ser exonerados do serviço público.


DA REDAÇÃO

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) determinou o afastamento imediato dos agentes de trânsito que foram flagrados atropelando um mototaxista numa via pública de Cuiabá, no fim da tarde de terça-feira (03).

A atitude foi vista como proposital por moradores que apedrejaram o carro da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). A ação dos servidores também foi repudiada por Emanuel.

Em nota, o prefeito explicou que recebeu o vídeo na madrugada desta quarta-feira (04) e determinou o afastamento e a abertura de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para demitir os agentes envolvidos no caso.

“O prefeito Emanuel Pinheiro tomou conhecimento do vídeo nesta madrugada e já determinou medidas imediatase punições cabíveis. Inclusive, com afastamento ou exoneração dos respectivos servidores”, confirma trecho do comunicado.

No vídeo é possível ver o carro da Semob perseguindo o mototaxista numa das ruas do bairro Altos da Serra quando o condutor da moto foi atropelado. Logo depois, o mototaxista aparece no chão sendo socorrido por policiais da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran).

Em entrevista à TV Centro América, afiliada da TV Globo, o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, também garantiu que os servidores serão responsabilizados.

Nota da Prefeitura de Cuiabá:

O prefeito Emanuel Pinheiro tomou conhecimento do vídeo nesta madrugada e já determinou imediata medidas punições cabíveis. Inclusive, com  afastamento e ou, exoneração dos respectivos servidores. 

Cabe ressaltar, que atitudes como estas são repudiadas pela gestão Emanuel Pinheiro - que prima pelo respeito e humanização à população, por meio dos serviços públicos.

Veja o vídeo do atropelamento:

 

 

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Fenix  04.12.19 09h29
EFEITO witzel, EFEITO mito, OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE. É O CIDADÃO COMUM QUERENDO FAZER JUSTIÇA COM A PRÓPRIA MÃO. É O SERVIDOR COMUM ACHANDO QUE PODE TUDO, ATÉ MESMO ATROPELAR UM TRABALHADOR DE FORMA INJUSTA. AÇÃO ALEM DAQUILO PERMITIDO PELA LEGISLAÇÃO. ESSE MODELO DE GOVERNO QUER ANIQUILAR A COMPETENCIA DO JUDICIARIO, POIS FAZER JUSTIÇA SEM JULGAR AQUELE QUE PRATICA DELITO É MATAR O JUDICIARIO. ASSIM MESMO O mito QUER ACABAR COM O EXCLUDENTE DE ILICITUDE. JA PENSOU QUANTOS MORRERAO NOS GUETOS DESTE BRASIL? O ESTADO MATARA POR PRAZER SE NAO TIVER UMA LEI QUE O PUNA POR EXCESSO DE FORÇA.

Responder

8
23

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO