14.11.2019 | 09h57


ESTADO É GRAVE

Trabalhador tem rosto dilacerado por onça em Mato Grosso; pode ficar cego

Luciano da Silva Braga, de 58 anos, está internando no Pronto-Socorro de Várzea Grande, onde passou por cirurgia.


DA REDAÇÃO

O trabalhador rural Luciano da Silva Braga, de 58 anos, teve parte do rosto dilacerado ao ser atacado por uma onça na manhã de quarta-feira (13), numa região do Pantanal, entre os municípios de Poconé e Cáceres (107 e 217 km da Capital, respectivamente).

Inicialmente, a vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional de Cáceres, mas devido à gravidade dos ferimentos foi transferida para o Pronto Socorro de Várzea Grande – região metropolitana de Cuiabá – no período da tarde.

Segundo a Secretaria de Comunicação de Várzea Grande, o quadro de saúde do trabalhador é delicado. Ele foi submetido a uma cirurgia para reparação das lesões, mas como teve um dos olhos lesionado ainda não é possível afirmar se voltará a enxergar.

A secretaria informou também que está resolvendo a parte burocrática para transferir Luciano para o Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, que é referência nesse tipo de atendimento. Na unidade particular, o paciente deverá passar por cirurgia de reconstrução facial.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO