04.02.2015 | 11h46


"LIMPA NO PAIAGUÁS"

Taques demite 55 servidores comissionados; 43 são da Sema

A previsão é que 2.000 servidores comissionados da gestão de Silval sejam demitidos. Até o momento, cerca de 1000 já foram exonerados, pelo pedetista.



O Diário Oficial de Mato Grosso desta terça-feira (3) publicou a exoneração de 55 servidores comissionados do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

Desse total, 43 deles eram lotados na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), sob o comando do ex-secretário José Lacerda (PMDB).

O restante trabalhava na extinta Loteria do Estado (Lemat), na autarquia Agência de Desenvolvimento Metropolitano do Vale do Rio Cuiabá (Agem/VRC) e no Departamento de Trânsito (Detran).

As exonerações fazem parte do plano de reforma administrativa que o governador Pedro Taques (PDT) vem executando desde o primeiro dia da nova gestão.

A previsão é que 2.000 servidores comissionados da gestão de Silval sejam demitidos. Até o momento, cerca de 1000 já foram exonerados pelo pedetista.

No dia 21 de janeiro, Taques chegou a exonerar de uma vez só 250 comissionados da gestão passada. A maioria dos servidores demitidos estavam trabalhando na Secretaria de Infraestrutura, Cidades e Vice Governadoria.

 

 

 











(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ricardo  05.02.15 17h16
Governador o senhor esta valendo cada voto recebido. Agora para fazer limpeza total falta ainda uns 8 ou 9 da Casa Civil que não passam de copo de massa de tomate mais se acham taça de cristal. Estão sentados nos DGA altos da uma olha viu Paulo Taques está de baixo da sua barba rsrsrsrs. Nós efetivos da Casa Civil ainda estamos sentindo como bobó cheira cheira. Não vão trabalhar, não estão cumprindo o horário de jeito algum, e para terminar com p copo de massa não tem competência alguma. Só observa Governador, estamos observando e comentando nos bastidores. Vamos ficar aguardando a Justoça ser feita.

Responder

0
0
Carlos Alberto   04.02.15 20h40
E na sejudh não vai mexer não senhor governador??? Lá tem um coronel como adjunto da era silval e acho que são muito próximos pois nado o fez cair com tanta pressão da categoria dos agepens por causa da administração pfia deste coronel. de atenção especial lá Pedro taques tem coisa ali naquela caixa preta que seu queixo vai cair.perguida porque tramitação na pf inquérito sobre curso ilegal com autorização dele .mmercado dentro do presídio sem licitação. ..fuça la

Responder

0
0
cpa  04.02.15 13h45
Demitiu 1000(mil), e Qtos já colocou no lugar?vocês acham que não vai contratar os deles? Seus bobos xera xera

Responder

0
1
Paulo Jorge  04.02.15 11h56
Está agindo certinho.Vai analisando onde pode reduzir e quem faz o que.Se for enchedor de linguiça, põem para correr o pronto.Só o ex-deputado José Riva, tinha uns(dois mil comissionados)lotados em diversos órgãos sem fazer nada.

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER