09.01.2015 | 14h03


GERAL / OLHO POR OLHO

Site diz que terroristas foram mortos pela polícia francesa

Terroristas invadiram sede de revista e mataram jornalistas a tiros; policial foi morto na rua mesmo após pedir clemência



Os três suspeitos de manter reféns na França foram mortos nesta sexta-feira (9) afirmou a prefeitas de Paris, Anne Hidalgo.


A confirmação acontece após tiros disparados em torno da gráfica onde os irmãos Kouachi mantinham um refém. De acordo com a polícia local, o refém não sofreu ferimentos.

Com duração de pelo menos dois minutos, tiros foram ouvidos em torno da gráfica na qual os dois suspeitos do ataque ao jornal satírico francês "Charlie Hebdo", na cidade de Dammartin-en-Goële, na região de Seine-et-Marne (a 42 km da capital francesa).

Desde as primeiras horas desta sexta-feira (9), a polícia francesa cerca os irmãos Kouachi –Said e Chérif, de 34 e 32 anos, respectivamente– em uma gráfica no nordeste de Paris. As ruas da localidade, que tem apenas 8.000 habitantes, estão desertas.










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO