18.08.2019 | 12h35


ACIDENTE EM VG

Servidora pública, vítima de atropelamento, morre no Pronto-Socorro

Lúcia e a filha form atropeladas no dia 02 de agosto ao tentar atravessar uma faixa de pedestres na Avenida Couto Magalhães, na região central de Várzea Grande.


DA REDAÇÃO

A servidora da Prefeitura de Várzea Grande, Lucia Campos, 50 anos, morreu no último sábado (17) após quinze dias internada no Pronto-Socorro do município. Lucia e a filha, nome não divulgado, 17 anos, foram atropeladas na Avenida Couto Magalhães no dia 02 de agosto e encaminhadas à unidade de saúde.

A vítima chegou ao PS em estado grave e reagiu muito bem durante o período de internação, chegou a receber alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e continuou o tratamento no quarto, onde já estava conseguindo andar sozinha. No entanto, teve complicações no quadro de saúde que levaram a servidora à morte.

Lucia Campos era Técnica de Desenvolvimento Infantil (TDI) na Escola Emeb Luis Reveles Pereira, no bairro Nossa Senhora da Guia, em Várzea Grande.

A servidora deixa marido e duas filhas. 

O acidente

Lucia e a filha foram atropeladas ao tentar atravessar uma faixa de pedestres, próxima à Praça Aquidabam, na Avenida Couto Magalhães no dia 02 de agosto, uma sexta-feira.

As vítimas foram atropeladas por um veículo Citroen C3, conduzido por uma mulher, identificada pelas iniciais A.B., que não conseguiu frear a tempo de evitar o acidente. Devido à força do impacto da batida, a servidora foi lançada e caiu sobre a calçada.

A motorista, que supostamente não tem habilitação para dirigir, prestou socorro às vítimas, acompanhou todos os procedimentos de socorro e se apresentou à Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência.

Lúcia chegou ao Pronto-Socorro com uma hemorragia interna e precisou passar por uma cirurgia para retirada do baço. Uma nova cirurgia estava programada para correção na região do ombro.

A filha também ficou bastante ferida, com dois dentes quebrados, lesão no queixo e muitos hematomas nas duas pernas, mas não correu risco de morte.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER